Você está aqui: Página Inicial / Megaeventos / Olimpíadas Rio 2016 / Modalidades / Ciclismo Mountain Bike

Ciclismo Mountain Bike

GettyImages51225401.jpg
Foto: Shaun Botterill/Getty Images

História

Assim como o BMX, o mountain bike surgiu da curiosidade e da ânsia por aventura dos norte-americanos da década de 1970. Foi no estado da Califórnia que ciclistas que buscavam uma experiência diferente do asfalto das estradas resolveram enfrentar trilhas e terrenos acidentados com suas bicicletas.

Um grupo de San Francisco ajudou bastante na divulgação da modalidade ao realizar um dos primeiros campeonatos de mountain bike. A prova, disputada entre os anos de 1976 e 1979, ocorreu nas proximidades da famosa ponte Golden Gate e acabou atraindo bastante interesse para a nova vertente do ciclismo.

Em 1983, os norte-americanos realizaram o primeiro campeonato nacional do esporte. Com o crescimento nos Estados Unidos e em outros países da Europa e na Austrália, o mountain bike teve seu primeiro Mundial realizado em 1990, já sob a sanção da União Ciclística Internacional (UCI). A partir de então, não demorou tanto para que a modalidade chegasse aos Jogos Olímpicos. A estreia veio justamente no berço do esporte — os Estados Unidos — em Atlanta-1996.

A bicicleta do mountain bike tem pneus mais largos do que a de estrada, além de amortecedores traseiros e dianteiros, para diminuir o impacto para os atletas nos terrenos acidentados do percurso. O material utilizado, também por conta do impacto, é mais resistente. Entretanto, não deixa a bicicleta tão pesada, ficando com cerca de 8kg a 9kg.

Curiosidades


Território francês

Desde que o mountain bike começou a ser disputado, nos Jogos de Atlanta-1996, a França ganhou pelo menos uma medalha por edição. O primeiro a subir no pódio olímpico foi Miguel Martinez, bronze na prova masculina em 1996. Depois da estreia no terceiro lugar, os franceses melhoraram muito o desempenho.

A partir de Sidney-2000, a França não deixou de conquistar pelo menos um ouro no mountain bike. O primeiro deles foi justamente com Miguel Martinez, campeão da prova masculina na Austrália. Depois dele veio Julien Absalon, medalha de ouro tanto em Atenas-2004 quanto em Pequim-2008. Por último, a francesa Julie Bresset tornou-se a primeira representante do país a conquistar uma medalha de ouro no feminino.

Dois bicampeões

O mountain bike olímpico teve, até agora, 10 medalhas de ouro distribuídas. No Rio de Janeiro, mais duas estarão em disputa. De Atlanta-1996 a Londres-2012, apenas dois atletas conseguiram conquistar a medalha de ouro duas vezes, o que deixa a modalidade com 8 campeões diferentes.

Os únicos a conseguir repetir o título foram a italiana Paola Pezzo, medalha de ouro em Atlanta-1996 e Sidney-2000, e o francês Julien Absalon, campeão no masculino em Atenas-2004 e Pequim-2008. O curioso é que ambos foram campeões em edições consecutivas. Assim, a também francesa Julie Bresset e o tcheco Jaroslav Kulhavy, campeões em Londres-2012, terão a chance de repetir o feito no Brasil.

Acesse também

Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC)
Site: www.cbc.esp.br
E-mail: vasconcellos@cbc.esp.br
Federação Internacional de Ciclismo (UCI): www.uci.ch