Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Ciclismo brasileiro conquista duas vagas nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024

Ciclismo paralímpico

23/02/2023 17h14

Ciclismo paralímpico

Ciclismo brasileiro conquista duas vagas nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024

Alocação de vagas foi definida pela UCI de acordo com o ranking internacional por nação

O ciclismo paralímpico brasileiro garantiu duas vagas nos Jogos de Paris 2024, sendo uma no masculino e outra no feminino. As vagas podem ser utilizadas para competir tanto nas provas de estrada como de pista.

Para definir a primeira alocação de vagas, a União Ciclística Internacional (UCI) utilizou o ranking internacional por nação, levando em consideração a sua divisão por continente e disponibilizando uma vaga por gênero para os países contemplados nesta etapa inicial de classificação.

20230222212854_ed.jpg
Foto: Juan Benavent/CBC

As vagas são disponibilizadas para a nação e, para mantê-las, cada país precisa participar com pelo menos um atleta dos Campeonatos Mundiais de estrada ou pista 2023/2024 ou de alguma etapa da Copa do Mundo de estrada até 30 de junho do ano que vem.

No ranking das Américas masculino, o Brasil é líder da classificação com 4.490 pontos, seguido por Estados Unidos, com 3.271 pontos, e Colômbia, com 3.027 pontos. Entre as mulheres, a liderança é dos Estados Unidos, com 3.440 pontos, enquanto o Brasil aparece em segundo, com 3.144 pontos, e a Colômbia, em terceiro lugar, com 2.073 pontos.

"A sensação é de estarmos no caminho certo. Conseguimos conquistar as duas vagas disponíveis nesse primeiro momento. Agora, é continuar trabalhando e seguindo o nosso planejamento para fechar a fase de classificação com o maior número possível de vagas para Paris 2024", destacou Edilson Rocha "Tubiba", coordenador do ciclismo paralímpico na Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). A previsão é que a lista final com as vagas remanescentes seja publicada no segundo trimestre de 2024.

O próximo desafio dos brasileiros será entre os dias 4 e 5 de março, na cidade de Ribeirão Preto, durante a disputa da primeira etapa da Copa Brasil de ciclismo paralímpico, que distribuirá pontos para o ranking mundial.

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), com informações da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC)