Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Brasil perde para o Japão e se despede do Mundial por Equipes

Tenis de mesa

05/10/2022 08h42

Tênis de Mesa

Brasil perde para o Japão e se despede do Mundial por Equipes

Japoneses venceram por 3 a 0 na madrugada desta quarta-feira, em Chengdu, na China

O Brasil se despediu do Campeonato Mundial de Equipes na madrugada desta quarta-feira (5.10), em Chengdu, na China. O time masculino, formado por Hugo Calderano, Vitor Ishiy e Eric Jouti, foi superado pelo Japão por 3 a 0 nas oitavas de final da competição, terminando, portanto, entre os 16 melhores da disputa. Na última edição, em 2018, o Brasil havia chegado um passo adiante, nas quartas de final.

O jogo contra os japoneses era visto como mais complicado que os desafios anteriores. Por ter passado em segundo lugar no grupo da primeira fase, o Brasil acabou encarando um dos primeiros das outras chaves. O Japão é o terceiro melhor time do mundo no ranking mundial, enquanto os brasileiros figuram em sexto lugar.

Eric Jouti durante o torneio na China. Foto: WTT/Divulgação

O primeiro desafio colocou Hugo Calderano diante de Shunsuke Togami. O brasileiro era o mais habituado do time com o estilo rápido de jogo dos orientais. Afinal, está atuando na Liga Japonesa desde meados desta temporada.

Togami exigiu demais do brasileiro desde o primeiro set. O equilíbrio foi a tônica da primeira parcial e Calderano salvou dois set points até conseguir a virada e fechar. No segundo, também parelho, foi o japonês quem conseguiu uma virada importante, após estar perdendo por 10 a 7.

A vitória lhe deu confiança para o terceiro set, onde chegou a ter 10 a 4 de vantagem e conseguiu fechar em 11 a 8. O japonês seguiu mandando no jogo e o técnico brasileiro Francisco Arado, o Paco, pediu tempo. Mas Calderano não conseguiu reagir e foi superado por 3 a 1 (13/11, 10/12, 8/11 e 7/11), sua primeira derrota na competição.

Responsável por garantir o ponto da classificação contra a Eslováquia, Eric Jouti entrou na mesa para enfrentar o principal atleta japonês da atualidade, Tomokazu Harimoto, número 4 do mundo. E o jogo teve panorama bem semelhante do início ao fim, com o brasileiro começando bem, mas Harimoto se impondo antes da metade da parcial, com terceiras bolas mortais nos serviços. Assim, conseguiu a vitória em sets diretos (4/11, 5/11 e 7/11).

No duelo seguinte, Vitor Ishiy encarou Mizuki Oikawa. Começou bem, abriu 5 a 2, mas permitiu uma sequência de sete pontos consecutivos do adversário, o que lhe custou o primeiro set. Oikawa ampliou o domínio na segunda parcial, mas viu o brasileiro reagir no terceiro set, quando chegou a ter 7 a 2 no placar. Oikawa, contudo, foi buscar o resultado e decretou a eliminação brasileira com 3 a 0 (8/11, 4/11 e 9/11).

Hugo Calderano e Bruna Takahashi permanecem na China e seguem nos próximos dias para Macao, onde encaram mais um desafio: o WTT Champions, a partir do dia 19. Já a Seleção Brasileira volta a entrar em ação a partir de domingo, em Assunção, no Paraguai, para a disputa dos Jogos Sul-Americanos.

Fonte: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa